A blusa favorita que sumiu e eu não senti falta

tumblr_static_tumblr_static__640

O título desse post é bem sem sentido, mas prometo que vai ter uma razão maior para o que você vai ler hoje. Sabe quando você têm uma peça de roupa que você adora e faz questão de tê-la sempre por perto? Pois bem, eu tinha uma dessa que eu ganhei em 2015 de amigo secreto… Ela era simples… branca com a estampa do Mickey e da Minnie, nada de mais, era fofa e eu adorava. Ontem, meu modem simplesmente parou de funcionar e em um tédio enorme, comecei a fazer uma limpeza nas fotos do meu celular e nessa limpeza, achei uma foto interessante, a primeira foto que eu tirei com essa blusa. O pior de tudo: essa blusa que eu considerava uma das minhas favoritas, eu simplesmente tinha parado de usar há mais ou menos um ano. Sim, 2016 eu praticamente não coloquei (ou pelo menos acho que não usei).

Aí chegamos no seguinte ponto: Manhã seguinte fui procurar a blusa que sumiu e eu não senti falta dela por todo o ano de 2016 e que, eu só percebi que ainda tinha aquela blusa porque estava sem internet e fui olhar nas minhas fotos antigas. Não encontrei a blusa, não sei por onde ela está e aonde ela foi deixada por mim, mas esse pequeno fato que aconteceu me fez pensar numa coisa… me fez pensar no quanto a gente deixa guardado coisas que julgamos ser necessárias e que, na verdade, não são. Guardamos coisas, objetos que juramos ser importantes na nossa vida e… Será que são mesmo? Às vezes deixamos pessoas adicionadas nas nossas redes sociais que nem ao menos conhecemos ou pior, que deixamos lá e nem sequer falamos. Deixamos lá só por deixar ou por pena de tirar. É necessário tudo isso?

friends-tumblr-friendship-goals-girls-favim-com-4245452

A questão é que muitas vezes acumulamos coisas que não são necessárias na nossa vida, mas que podem ser necessárias na vida de outra pessoa. E isso de ter algo na sua vida que não te acrescenta nada, vale muito no que eu escrevi no parágrafo acima… guardamos vários contatos de pessoas que às vezes só nos fazem mal e ainda sim deixamos no nosso ciclo. São pessoas que fizeram parte da nossa vida, mas que hoje em dia já não fazem por que seguimos caminhos diferentes, são pessoas que seguimos e nos sentimos mal e mesmo que seja um simples ato “deixar de seguir ou excluir a amizade” de se fazer, não o fazemos e deixamos lá aquele contato.

No final das contas, a blusa favorita (na verdade não era favorita) que sumiu e ainda sim não me fez sentir falta dela, só me fez perceber que ela era só mais uma blusa e que no meio de tantas outras, ela se perdeu e eu não percebi. No meio de tantos amigos que eram amigos e hoje são contatos, os verdadeiros amigos se perdem e a gente esquece deles, esquece da amizade que ainda temos e que precisamos cultivar. Precisamos parar um pouco e ver o que é prioridade pra gente, para não deixar escapar uma coisa que nos fará falta no final das contas, só porque permitimos que as nossas prioridades se perdessem no nosso acúmulo.

O melhor ano das nossas vidas

happy-new-year-glitter-1

Hey, feliz 2017!

Sei que dei uma sumidinha do blog, mas era um sumiço necessário para rever algumas coisinhas que aconteceram no lado de cá e, consequentemente, coisinhas que influenciaram também o que eu posto aqui no blog. Todo começo de ano é uma nova oportunidade para fazer do ano que se inicia o melhor ano das nossas vidas, é assim que eu gosto de pensar quando estou na virada, assistindo aos fogos. Vem a retrospectiva de todas as coisas incríveis que vivemos e que fizemos e os momentos difíceis que tivemos que passar. Ano passado, fiz um post com algumas metas para 2016, mas percebi que grande parte daquele ano foi uma verdadeira surpresa, por isso nesse ano minhas metas serão mais espirituais, emocionais e também de coisas que só dependem de mim para acontecer, na verdade, a grande meta desse ano é tirar as metas do papel, não escrevê-las mas praticá-las ou realizá-las como se eu não tivesse outra oportunidade, sem procrastinar, por menor que seja.

Sei que 2016 foi uma montanha-russa de altos e baixos para todo mundo, tivemos muita coisa negativa nesse mundo e por isso esse post é só um lembrete. Um lembrete para que todos nós façamos desse 2017 (e da nossa vida) uma jornada positiva, ajudando os outros, dando o melhor de nós mesmos para nós e para as pessoas que estão ao nosso redor. Vamos fazer um detox para tirar as pessoas e as energias negativas da nossa vida, assim a gente não absorve negatividade e abre as portas para as coisas boas. E que aprendemos também com as dificuldades, certo? Afinal de contas, a gente só cresce quando passamos por situações complicadas (que, aliás, podemos sim enfrentá-las). Vamos cuidar mais da nossa saúde do corpo e, principalmente, da mente. Sair, amar, trabalhar, buscar aprender coisas novas que te inspiram, viajar… Fazer de tudo para que esse novo ano que se inicie seja inesquecível.

Espero do fundo do meu coração que 2017 nos traga o que, na verdade, depende de nós: um ano incrível! Que vocês possam acompanhar as mudanças por aqui e que o 2017 de vocês seja de muita paz, amor, prosperidade e coisas boas!

Grande beijo!

Planejando um piquenique

piquenique1

(Atenção: post totalmente virginiano :P) Esses dias, eu e o meu namorado pensamos em fazer um passeio diferente. A gente queria mudar um pouco as opções e tive a ideia de fazer um piquenique, coisa bem simples e que todo mundo pode fazer. Porém, percebi que por mais simples que seja, a gente tem que pensar em alguns itens para que dê tudo certo e a gente não sofra nenhum imprevisto, certo? Por isso resolvi escrever este post com algumas dicas para planejar um piquenique especial.

Escolha uma data não muito próxima e olhe a previsão do tempo para aquele dia: Sim, gente… o primeiro tópico é meio óbvio, mas foi uma coisa que pegou a gente. Escolhemos um domingo x e quando foi na sexta o tempo fechou e nunca mais tivemos um solzinho. Por isso, escolha uma data não muito próxima pra dar tempo de organizar tudo e verifique se essa data estará com uma previsão positiva 🙂

Escolher o lugar e se ele pode ser usado é importante também porque vejam só: imaginem que vocês escolheram um parque com um jardim incrível. O problema? Não se pode sentar na grama e não tem área para lanchar. Complicado, né? Por isso, é melhor verificar se o local que vocês escolheram é um local seguro e que pode fazer um piquenique, por menor que seja o lugar e independente se for um lugar público ou particular.

Monte um check-list com tudo que você vai precisar… outra coisa muito importante, principalmente para aqueles que têm tendência em esquecer alguma coisa bem no dia. Uns 3 ou 4 dias antes, monte um check-list com tudo que você precisa comprar, levar, fazer para o piquenique. Pense em TUDO: toalha, guardanapos, talheres, cesta, mochila, frutas, sanduíches, sucos… tudo!!

Escolha um look legal: Aproveitar a natureza e a calmaria é uma coisa incrível, por isso use roupas bem leves e confortáveis, principalmente se você for ficar sentado na grama, por exemplo. Ah e também prepare algumas surpresas para o dia, seja pro namorado(a), amigos e amigas. Leve fotos para recordar ou tire fotos daquele dia para guardar.

piquenique-3

O nosso vai rolar agora em novembro, assim que fizermos vou compartilhar por aqui. Alguém aqui já fez ou gostaria de fazer um piquenique??

Sessão Pipoca: The First Time (A Primeira Vez)

Britt-Robertson-The-First-Time

Começaremos esse mês de novembro assim, com o sessão pipoca no ar. Eu andei assistindo muitos filmes no Netflix (fora as séries que eu estou tentando atualizar) e achei um aleatoriamente que me fez querer ver pelo título. Como eu gostei bastante do filme, resolvi trazer na minha indicação de filmes do Sessão Pipoca então, se você gosta de uma comédia adolescente leve, esse filme é pra você.

filmes_9015_primeira06

The First Time (A primeira vez) conta a história do Dave (Dylan O’Brien) que é um rapaz que vive uma paixão platônica pela melhor amiga, Jane (Victoria Justice). Numa festa ele acaba encontrando a Aubrey (Britt Robertson) uma garota totalmente imprevisível que namora um rapaz mais velho e músico. Dave está tentando ver um jeito de se declarar para Jane e Aubrey tenta ajudá-lo mas as coisas acabam indo pro ralo quando a polícia chega na festa e todos acabam indo embora. Dave leva Aubrey para casa e o final de semana rende a partir daí, porque eles têm o desafio de se conhecerem e de conhecer um ao outro (meio louco rs) de uma maneira mais intensa do que o normal.

Quando eu olhei o roteiro do filme, eu pensei que seria uma perda total de tempo, mas gente… assim como The Duff (que também têm sessão pipoca aqui) o filme A Primeira Vez é bem legal. Os personagens são super bem construídos e você percebe como um final de semana pode mudar uma pessoa (ou mais pessoas nesse caso rs). Deixo o destaque aqui para a Aubrey, que é muito autêntica, divertida e vive aquela fase que a gente nunca sabe o que quer, vive mudando os planos, mas ela acaba encontrando Dave e isso acaba com os planos dela, porque eles acabam se apaixonando de certa forma e como isso de desenrola em dois quase três dias é absurdamente incrível. Adorei muito os cenários (especialmente o quarto da Aubrey) são bem fofos e coerentes com a personalidade deles. O Dave e seus dois melhores amigos são sensacionais também, meio bocós mas é típico de uma pessoa apaixonada que não sabe o que fazer e eu acho que foi isso que deu um charme no filme.

75047_f4

Uma outra coisa também que eu amei no filme foi a trilha sonora. Sério, só têm música boa e pra quem usa Spotify é só buscar a playlist “The First Time (2012)” que vocês terão todas essas músicas para ouvir. Super indico o filme e se vocês estiverem procurando algo pra assistir e não tiver noção, assiste esse filme, seja com uma amiga ou com o namorado (vice e versa) que vocês vão gostar.

Depois me contam se gostaram aqui nos comentários, fechado? Ah e se já viu, já coloca aqui também se gostou também ❤

Sumidinha

img-20161009-wa0002

Um pouco do que eu tenho feito…

Faz tempo que eu não atualizo o nosso cantinho (último post foi no comecinho de setembro sobre a Bienal e desapareci) e finalmente parei um pouco para dar alguma satisfação. Calma que eu vou falar tudin do que anda acontecendo do lado de cá, então se acomode e pegue uma xícara de chá.

First: Andei meio sem inspiração: Sabe quando você sente que mudou muito por dentro? Pois é, isso anda acontecendo comigo frequentemente. Parece que todos os assuntos que antes eu gostava muito de falar, desapareceram. Por isso, antes de voltar com o blog, preciso me reencontrar e mudar tudo por aqui (mais uma vez) porque quero que esse cantinho seja um cantinho de aconchego, e não de bobeiras que ninguém quer saber.

Second: O meu curso deu uma pegada de uns tempos pra cá e eu basicamente vivi essas últimas semanas para fazer apresentações e trabalhos. Pode parecer que não, mas isso tudo leva um baita tempo.

trabalho

Shutterstock

Third: Eu não consigo priorizar um tempo pra resolver a questão número um lá de cima. Eu coloco tudo na minha agenda mas sempre esqueço disso. Mas agora acho que vai.

Fourth: Vem muita coisa maneira nesses últimos meses então tô me desdobrando para que tudo dê certo. Comecei a desenhar outra vez e a fazer lettering, que é um assunto que eu quero muuito trazer para vocês. Ainda falta muito, muito mesmo, mais acho que um pedação meu estava pedindo por esse retorno, faz parte de mim. Also, vou começar a fazer as aulas de moto e carro, então talvez também conte essa experiência que tenho adiado há meses anos.

Espero que continuem aqui comigo, um super beijo pra vocês ❤

O dia em que eu fui para um lugar incrível (Bienal SP)

FotorCreated

Quem acompanha o blog sabe que dia 27 de agosto eu estive por um lugar incrível (haha, trocadilho) que foi a Bienal do Livro de SP. Fui no dia 27 de agosto e se você não o porquê de ter ido nesse dia, aconselho ler o post “When dreams come true” (que você pode acessar neste link e ai depois você volta aqui <3) para entender melhor, mas basicamente fui conhecer e pegar o autógrafo de uma das minhas autoras preferidas da vida, livro esse que eu resenhei ano passado quando o ganhei de presente.

Foi um dia muito louco e cansativo, quase não dormi de ansiedade e andamos muuito na Bienal, mas foi bem legal. Fiz um post também sobre os livros que eu queria comprar e, embora tivesse muitas promoções ok, não comprei muita coisa, na verdade comprei somente dois livros: Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer (Rocco) e A Geografia de Nós Dois (Galera Record), que não estava na lista de prioridades mas era um livro que eu estava namorando faz um tempo, haha. Além disso conseguimos vários marcadores lindjjooss!

Falando do momento mais aguardado de todos os tempos, finalmente tinha chegado o momento mais esperado: a palestra e a sessão de autógrafos. Jennifer Niven falou sobre depressão e bipolaridade (temas que ela aborda no livro Por Lugares Incríveis) e sério, gente, ela é uma fofa! Você têm vontade de guardar em um potinho. Ela tem uma experiência de vida incrível e foi isso que a fez escrever seu livro.

Fomos na sessão de autógrafos e, foi bem rapidinho porque estavam atrasados mas consegui falar algumas palavrinhas nervosas em inglês e dar um abraço bem aconchegante e foi incrível!

Jennifer

I am feeling 22!!

im feeling 22 edited 2.jpg

Estou nos últimos dias sendo uma mulher (muito garota) de 21 anos e estou vivendo aquela crise existencial. Temos a crise dos 20, dos 30… mas essa me fez refletir sobre a fase em que estou entrando na minha vida. Quando eu completei 21 anos, o choque não foi tão grande, afinal de contas estava tudo indo bem, todos os meus desejos estavam se concretizando e tudo caminhava bem e é engraçado como 365 dias muda muito nossas ideias e os nossos ideais. Normalmente eu faço wishlist de coisas que eu quero conquistar durante a idade antes de ficar ainda mais velha, mas percebi que muitos sonhos que eu tinha desde os meus 16 anos eu ainda não foquei. Como eu quero concretizar algo se eu acabo deixando pelo meio do caminho… esquecendo? Ano passado fiz uma lista com várias coisas que eu queria muito fazer e… faltando 18 dias para eu completar 22 anos, ainda não fiz nem metade daquelas coisas que eu gostaria muito de ter feito. Então, a crise bateu e resolvi começar de novo, ser pé no chão nessa nova idade, essa nova etapa que se inicia querendo conquistar coisas que só depende de mim e somente de mim.

tay-9

A primeira coisa bem clichê que farei é cantar bem alto e como se não houvesse o amanhã a música da Taylor Swift, 22, que é a referência do título desse post, haha!

Agora voltando ao foco, com esses 22 anos chegando eu gostaria de ler mais e isso é uma vergonha pois eu amo ler e desde o ano passado estou falando disso, mas ainda não consegui voltar 100% na frequência que eu gostaria. Também gostaria muito de fotografar mais, guardar os momentos que eu mais amo, esses dias me veio uma lembrança boa no facebook só que não tinha foto alguma e eu percebi que eu raramente guardo fotos de momentos especiais e isso é triste.

tumblr_static_fotografia

Quero focar ainda mais na academia, sim! No post de 21 anos eu disse que queria fazer academia três vezes na semana e na maioria das vezes foi de fato. Meu namorado também começou a treinar, mas ai ele tinha outras coisas para fazer que complicou nos horários e ai eu meio que desandei, mas quero ir com tudo porque o objetivo de voltar ao peso antigo eu já cheguei, agora o foco é ficar mais saradinha, haha! #OREMOS

Quero ser mais focada nos meus objetivos de longo prazo, já disse que eu quero muito realizar o sonho de ir para Disney – fazer intercâmbio – e desde meus 15 anos estou juntando grana para isso mas de uns tempos pra cá dei aquela desmotivada mas agora voltei com tudo e a meta desse 1 ano é de focar nesse objetivo.

Ainda nessa parte mais intrínseca, quero ser uma pessoa menos ansiosa com as coisas e procrastinar menos, sabe? Ultimamente estou bem organizada, mas não consigo fazer tudo tranquilamente porque eu fico ansiosa e acabo sofrendo muito para fazer as coisas e as vezes fico deixando de lado para fazer. É horrível mas quero que esse “novo ciclo” seja diferente.

Obrigada pelo carinho de todos vocês aqui no blog, espero poder compartilhar todas as nossas experiências que estão por vir 😀

Tem alguém ai fazendo aniversário em setembro?? ❤

Livros que eu quero comprar na Bienal

Estou tão ansiosa para essa Bienal que não estou me contendo, haha! Por isso, resolvi fazer aqui uma mini wishlist dos livros que eu estou rezando para estarem em promoção para poder comprar!

Colagem_Bienal

O primeiro livro que eu quero comprar é O Despertar do Príncipe que eu li emprestado e amei e quero um para mim, principalmente agora que já vai lançar no final do mês o segundo livro. O segundo é uma história muito curiosa: no meu curso de inglês tinha esse livro em inglês e o nome era bem sonoro, meio que poético e fiquei com isso na cabeça, até que uns meses atrás achei ele na Saraiva e pirei, mas não comprei, haha. Eu, Você e a Garota que vai morrer tem até filme, então quero muito aproveitar que estarei lá na bienal para quem sabe conseguir comprar. O terceiro é um caso de amor e ódio porque eu quero muito a edição inglês de Ser Feliz é Assim, o problema é que eu não gostei da tradução do nome dele e nem da capa, como faz?

Na segunda fileira temos A Melhor Coisa Que Nunca Aconteceu Na Minha Vida que eu tenho namorado faz muito tempo no meu Skoob e esqueci completamente, Fangirl da Raibow Rowell que eu amo demais seus livros, já tenho Eleanor & Park e adoro demais, espero conseguir comprar todos um dia, hahaha! Por último, deixei Amy & Matthew que uma amiga minha me indicou e parece ser fantástico pelas resenhas que eu já li.

Desejo desde já que esses livros estejam na promoção e que eu consiga andar nos estandes procurando por eles, sem passar por perrengues, hahah! Espero que tenham gostado, quem ai vai para bienal? Beijoos ❤

Top 5: Clipes do The Killers

the_killers_elle_exclusive_williams_hirakawa

Eu sou muito variada quando o assunto é música, mas se têm uma banda que eu sou fascinada, essa banda se chama The Killers. Não têm um álbum se quer que eu não tenha pelo menos 2 músicas prediletas. Pensando nisso, resolvi fazer um top 5 dos clipes que eu mais adoro deles até agora!

1 – Miss Atomic Bomb: É uma das minhas músicas favoritas e também o meu clipe favorito do álbum Battle Born. A letra é bem forte, fala sobre amores deixados para trás e o clipe retrata bem.

2 – Runaways: Mais uma que eu amo e amo o clipe, Runaways é aquela música que você coloca bem no último volume quando você está no ônibus. Passa mil coisas na sua cabeça, você viaja na letra e na voz do Brandon.

3- Human: Super famosa, conhecidona de todo mundo, Human têm uma mensagem linda e o clipe é maravilhoso, no deserto, cheio de roupas exóticas. Adoro!

4- All These Things That I’ve Done: “Time, Truth and Hearts”, All These Things That I’ve Done também é sucesso da banda e incrivelmente linda, com um clipe bem velho oeste e eu acho engraçado e super demais.

5- Just Another Girl: Fechando com chave dourada, deixo Just Another Girl que foi o último clipe postado do último álbum que compõe todos os sucessos deles mais duas inéditas (e essa é uma delas) e é lindo, o clipe é protagonizado pela Dianna Agron e tá shoow!

Gostaram das músicas? Indiquem aqui nos comentários quais sã as bandas favoritas de vocês, fechado? Beijocas ❤

Tag: Séries!

Olá, pessoas! Tudo bom? Estava com saudades de postar sobre tags aqui no blog e então decidi fazer a Tag Séries aqui no blog! Vi vários youtubers e blogueiros fazendo sobre ela então decidi ir na vibe e responder as questões que são bem legais.

Qual sua série favorita do momento? Eu poderia colocar Stranger Things aqui por motivos óbvios, mas eu estou gostando muito de assistir Scream. A segunda temporada já está acabando (semana que vem) e mesmo não sendo uma ótima série, eu gosto bastante.

scream_tv_logo

Cite 3 séries que todos deveriam assistir: Vou indicar três séries incríveis que eu tenho certeza que vocês já ouviram falar. A primeira é Stranger Things, uma série original da Netflix que eu assisti todinha em uma noite e que é uma das minhas favoritas da vida. Sério, assistam assim que puder! A segunda é Jessica Jones (também da Netflix) que só têm uma única temporada mas ainda sim é sensacional, viciante e a terceira na verdade é uma “série” que é reproduzida no youtube que se chama Girls In The House. Sério, gente, vicia! Conheci por causa dos memes em The Sims que eu fiquei curiosa pra saber o porquê de todo mundo comentar sobre isso e acabei descobrindo que é uma série! Vou fazer um post sobre ela, prometo!!!

 

Cite uma série que todos gostam, menos você: Não é que eu não goste, é que eu nunca tive vontade de assistir que é Grey’s Anatomy. Sério, eu não vejo a mínima graça nessa série e todo mundo comenta. Nunca vi nada igual, haha!

greys-anatomy

Cite uma série que ninguém assiste, mas que você adora: Não sei se ninguém assiste, mas eu gosto bastante de The Magicians. É uma série muito louca, estreou esse ano (eu acho) e ela é tipo uma mistura de A Crônicas de Nárnia com Harry Potter mas com conteúdo adulto, é uma série diferente do que eu costumo assistir, mas ela é bem bacana e nem todo mundo conhece.

magicians_hero_101a

Qual o tipo de série que você gosta? Sou muito fã de aventura, ficção científica e comédia (algumas).

Qual o seu crush de alguma série (homem e mulher)? Nossa, difícil mas eu escolho o Grant Gustin, o Flash. Eu acho ele muito fofo (por mais que ele faça muuitas burradas, eu ainda gosto dele, haha).

Qual a primeira série que você assistiu? A primeira (e favorita) série que eu assisti foi The Big Bang Theory, que eu ainda continuo assistindo e amo demais.

the-big-bang-theory-1-the-big-bang-theory-season-8-spoilers-and-a-first-look-at-the-new-penny

Qual seu site favorito para assistir séries? Netflix, rs.

Qual o final de série que você mais odiou? Não que eu tenha odiado, mas eu detestei o final da segunda temporada de Arrow. Sério, Arrow foi uma série que eu comecei assistir e parei porque eu não consigo acompanhar de jeito nenhum. A primeira eu devorei, mas o resto… tortura.

Qual série você queria que não acabasse? Difícil, mas eu queria muito que continuassem com Daredevil (Demolidor) por um bom tempo. É uma (das várias) série de super herói que eu sou viciada!

Qual série que passa alguma mensagem importante? Eu poderia muito colocar Stranger Things porque ela mostra várias mensagens legais de lealdade, amizade, persistência, mas para não ficar repetitiva eu vou deixar Sense8 que é uma série fantástica que mostra a união e a superação de vários preconceitos e desafios em todos os episódios. Estou muito ansiosa para a segunda temporada!

sense8-1a-temporada1

Ufa! O post ficou grande mas acho que as minhas indicações ficaram legais para quem busca uma série nova! Espero que tenham gostado, deixem nos comentários quais são as séries favoritas de vocês e claro, fiquem a vontade para responder essa tag. Um super beijo ❤